segunda-feira, 26 de março de 2012

Potinhos de pêra e amêndoas

Este doce é uma coisa linda em todos os sentidos. Primeiro que meu vontade de fazer assim que eu vi, só por causa do visual assim da pera saindo do potinho, coisa bonita de se ver. Segundo porque os ingredientes são uma combinação muito legal.
Quando cozinhei as peras eu sentia o leve cheiro do gengibre na cozinha, e depois quando assei a massa podia sentir o cheiro da baunilha misturando e aquela massa crescendo bem suave, como se fosse um suflê. Bonito de se ver a transformação de ingredientes tão simples nesta peça final.


Eu nunca tinha feito um doce da Cozinha Coletiva, do Richie. Eu sei que no post dele ele menciona que esta receita ele adaptou da nossa querida Patricia Scarpin, mas eu adaptei a minha dele e a vi primeiro lá, então acho justo mencionar os dois por aqui.





Potinhos de Peras e Amêndoas
(adaptado daqui)

Ingredientes para as peras:
4 peras firmes, descascadas, cortadas ao meio e sem sementes;
1/4 de xícara de açúcar mascavo claro;
1/2 xícara de açúcar refinado;
2 colheres de manteiga;
1/2 xícara de água;
1/4 da colher de chá de gengibre ralado (eu usei o em pó).

Para o creme de amêndoas:
¾ xícara mais 1 colher de sopa de açúcar refinado [160g];
40g de manteiga sem sal, amolecida;
½ colher (chá) de extrato de baunilha;
¾ xícara (180ml) de creme de leite fresco;
2 ovos, claras e gemas separadas;
1 xícara (100g) de farinha de amêndoas;
¼ xícara + ½ colher (sopa) de farinha de trigo com fermento, peneirada [40g].

Preparo:
Em uma frigideira em fogo baixo, derreta os açúcares com a manteiga, até formar um caramelo [cuidado para não queimar, senão o caramelo amarga]. Adicione a água [com cuidado] e deixe ferver, até que o caramelo se dissolva. Junte as peras, o gengibre e cozinhe por uns 20 minutos, em fogo baixo e virando as peras, de vez em quando. Reserve.
Coloque o açúcar, a manteiga, a baunilha, o creme de leite, as gemas, a farinha de amêndoas e a de trigo na tigela da batedeira e bata até obter um massa espessa. Em outra tigela, bata as claras até obter picos suaves. Junte as claras à massa delicadamente, com o auxílio de uma espátula, misturando de baixo para cima. Divida a massa entre oito ramequins com capacidade para 150ml . Arrume uma metade de pera no meio de cada potinho e leve ao forno por 30 minutos ou até que o recheio doure e firme.
Aqui em casa eu sempre reduzo tudo para não sobrar, então fiz metade desta receita que renderam exatos 4 ramequins.



domingo, 11 de março de 2012

Torta de Castanha do Pará


Eu nunca tinha feito torta assim e confesso que me deu um certo trabalho, pois esta massa é extremamente grudenta e durante o processo tive que usar mais farinha para ela não grudar toda na bancada e no papel manteiga, mas acabou dando certo.
O acabamento não ficou tão perfeito como eu gostaria, mas fiquei feliz com a primeira tentativa.

Para o recheio:
1/2 xic de açúcar
1 colher de sopa de suco de limão
3/4 de xícara de mel
1/4 de xícara de manteiga
1 pitada de sal
2 xícaras de castanha-do-pará picadas

Para a massa:
1 xícara de manteiga em temperatura ambiente (200g)
3/4 de xícara de açúcar
3 gemas
2 xícaras de farinha de trigo

manteiga para untar
farinha para polvilhar e
açúcar de confeiteiro para enfeitar


Numa panela média, em fogo médio, cozinhe o açúcar com o suco de limão, mexendo de vez em quando com uma colher de pau até ficar caramelado. Junte o mel e a manteiga, misture e deixe ferver até obter uma calda com ponto de fio fraco (cerca de 3 minutos). Adicione o sal e a castanha, misture bem e deixe esfriar.

Aqueça o forno a 180 graus. Unte com manteiga uma fôrma de 23 cm de diâmetro com borda baixa e reserve.

Na batedeira bata a manteiga da massa até ficar cremosa. Aos poucos junte o açúcar, batendo sempre até obter uma mistura leve e fofa. Acrescente as gemas, uma a uma, batendo até misturar. Sem bater, adicione a farinha de trigo e misture até ficar homogêneo.

Coloque metade da massa na fôrma, e com os dedos polvilhados de farinha de trigo, forre o fundo e a lateral. Recheie a massa com a mistura já fria.
polvilhe a massa restante com farinha e achate-a sobre uma folha de papel manteiga. Cubra a massa com outra folha de papel manteiga e, com um rolo, abra até obter um disco do tamanho da fôrma. Tire o papel da parte de cima e cuidadosamente vire a massa sobre o recheio, e depois tire a outra folha. Corte o excesso de massa na borda e faça uns furos com um garfo na superfície da massa.

Asse até dourar.

Se quiser fazer o coração como eu fiz use um cortador de biscoito. Tire a massa do centro do cortado e mantenha-o no buraco durante o tenpo que estiver assando, tirando só depois que a torta já estiver fria.
 

sexta-feira, 9 de março de 2012

1a. Harmonização Virtual do Rocambole - Participe!!!



Eu sempre gostei de propor alguns desafios aqui no blog. Fizemos durante muito tempo desafios que tinham temas diferentes a cada período, como doces finos, geléias etc. E fiz também duas semanas de reaproveitamento integral de alimentos que foi um sucesso, cheio de receitas criativas e deliciosas.

Desta vez, como estou aprendendo mais sobre vinhos e como já partitipei uma vez de uma harmonização virtual e achei bem legal, resolvi fazer por aqui também.

É bem simples.

Você manda um email para fgayer@hotmail.com com o seu nome e o título "1a. Harmonização Virtual" e torna-se seguidor do blog na aba lateral e vai receber por email as instruções de como participar.

Esta harmonização será patrocinada pelo site



onde você poderá encontrar os vinhos que vamos usar aqui para comprar via internet.
E para tornar as coisas mais interessantes, vou sortear entre os participantes um presente que será enviado pelo correio pelo próprio Clube Vinogourmet.



A nossa harmonização terá seus resultados publicados em 14 de abril, então há bastante tempo hábil. Mas não deixe pra última hora pra descobrir qual o desafio ok? Estou aguardando seu email.